Artigo científico brasileiro ganha prêmio internacional

Por Implacil | 23 de novembro de 2018

Trabalho foi premiado durante o 104º Congresso da Academia Americana de Periodontia, no Canadá.

Marco Aurélio Bianchini (à esquerda) e Guenther Schuldt Filho (à direita) receberam o prêmio em Vancouver, no Canadá.

O artigo científico “Indicadores de Risco para a Peri-implantite: um estudo de corte com 916 implantes”, que foi publicado em 2017 na revista internacional Clinical Oral Implants Research, recebeu o prêmio como o melhor e mais destacado artigo publicado em 2017 com relevância clínica em Periodontia e Implantodontia.

A premiação ocorreu na cidade de Vancouver, no Canadá, onde foi realizado o 104º Congresso da Academia Americana de Periodontia, uma instituição que tem mais de 100 anos de presença forte na comunidade científica odontológica mundial.

A solenidade ocorreu no primeiro dia do congresso, no salão principal do centro de convenções de Vancouver, onde se reuniram mais de 200 pessoas, especialmente convidadas para prestigiar esta e outras premiações que o Conselho Científico da Academia Americana de Periodontia costuma agraciar aos profissionais de maior destaque no ano.

O artigo teve a orientação do professor Marco Aurélio Bianchini e foi resultado do trabalho de cinco autores: Haline Renata Dalago, Guenther Schuldt Filho, Monica Abreu Pessoa Rodrigues e Stefan Renvert, além do próprio Marco Aurélio Bianchini. A pesquisa foi realizada na USP (Universidade de São Paulo) em parceria com a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), avaliando implantes da marca Implacil De Bortoli. Os resultados mostraram baixíssimas taxas de peri-implantite, menores até do que muitas empresas internacionais, além de detectar taxa de sobrevivência dos implantes avaliada em 98%, o que também é um valor bastante alto, comprovando a eficácia desses implantes fabricados no Brasil.

Fonte: INPN