Instalação de Implante Imediato com Macro-geometria Cônica e Plataforma Switching em Alvéolo Comprometido

12 de setembro de 2017

Cesar Augusto Signori Arruda*

Daniel Ferrari Cardoso**

Rafael de Lima Franceschi***

Guenther Schuldt Filho****

* Especialista em Implantodontia – UniABO (Florianópolis/SC); Mestrando em Implantodontia – SLM (Curitiba/PR).

** Especialista em Periodontia – CEPID/UFSC (Florianópolis/SC); Mestrando em Implantodontia – SLM (Curitiba/PR).

*** Especialista em Implantodontia – ABCD (Curitiba/PR); Especialista em Prótese – IOA (Balneário Camboriú/SC); Mestrando em Implantodontia – SLM (Curitiba/PR).

**** Doutor em Implantodontia – Universidade Federal de Santa Catarina / Universität Bern – Suíça; Coordenador do Mestrado em Implantodontia – SLM (Curitiba/PR).

 

Relato de Caso Clínico

 

Paciente de 33 anos de idade, do sexo feminino, foi encaminhada para avaliação do elemento dental 12 (incisivo lateral superior direito). Durante exame clínico, foram observadas as seguintes características: linha do sorriso média, biótipo gengival fino e fenótipo triangular.  (Figura 1)

Figura 1

No exame tomográfico inicial, notou-se que o dente possuía uma linha de fratura no 1/3 apical da raiz. Já na radiografia periapical, observou-se reabsorção interna do 1/3 cervical da raiz. (Figuras 2a e 2b)

Figura 2a e 2b

Com uma lâmina de bisturi nº 15C, foi realizada a incisão intra-sulcular em torno do dente comprometido. A luxação foi realizada com periótomo e a remoção do dente foi feita com o uso de fórceps. (Figura 3) Assim chamada, a exodontia minimamente invasiva visa a manutenção das paredes ósseas remanescentes. O alvéolo foi criteriosamente curetado para garantir a remoção de qualquer tecido de granulação. (Figura 4)

 

Figura 3

Um implante Due Cone (Implacil de Bortoli, São Paulo, Brasil) de 3,5mm de diâmetro e 10mm de comprimento foi instalado e para isso foi utilizada broca cônica com diâmetro de 3,5mm (Figuras 5a e 5b). O implante foi inserido no osso palatino (approach palatino) (Figura 6) para garantir o suporte ósseo, posição tridimensional ideal e obtenção de estabilidade primária (45N/cm).

Figuras 5a e 5b

Figura 6

Um cinzel goivo nº8 foi utilizado para obtenção da lâmina córtico-medular e posterior adaptação sobre as roscas do implante. A lâmina óssea foi moldada para reproduzir a forma do defeito alveolar. A prova da lâmina óssea foi realizada para comprovar sua a adaptação e estabilidade. (Figuras 7a e 7b)

Figuras 7a e 6b

Um munhão cone morse anti-rotacional de 3,5mm x 4,0mm x 2,5mm, (Implacil de Bortoli) foi instalado com torque de 30N/cm. Após a instalação do munhão, o espaço remanescente entre a plataforma do implante e a lâmina óssea, foi preenchido com osso medular particulado. (Figura 8)

Figura 8

A paciente retornou para avaliação pós-operatória de 30 dias, onde foi observado manutenção dos tecidos moles e ausência de sinais e sintomas de inflamação. Uma tomografia computadorizada de acompanhamento foi realizada, aonde foi comprovada a manutenção do volume ósseo enxertado. (Figuras 9a e 9b)

Figuras 9a e 9b