Utilizando o conjunto de seleção protética Implacil

Por Marcelo Abla | 01 de março de 2018

 

 


 

Escolha do componente CM

A escolha do componente Cone Morse depende de três fatores

  • Altura gengival
  • Diâmetro do Componente
  • Altura do componente protético propriamente dito

Altura gengival

A altura gengival deve ser inversamente proporcional ao biótipo periodontal, ou seja, em biótipo periodontal fino deveríamos utilizar um pilar com sulco de 2,5 ou 3 mm e para um biótipo espesso 1,5 mm. Sendo que a prótese deve emergir 1 a 2 mm acima da linha traçada entre os arcos gengivais (zênite) dos dentes adjacentes

Imagesm 2

Diâmetro do componente

Os componentes podem apresentar uma espessura de 3,5 ou 4,5 mm de diâmetro, sendo os primeiros indicados para área anterior e os segundos para área posterior.

Imagem 3

Altura do componente protético propriamente dito

A altura do componentes protética propriamente dita , seria a área protética de retenção da prótese. Essa pode ser de 4 ou 6 mm, quando possuímos coroas protéticas curtas ou implantes pouco embutidos utilizaremos componentes de 4 mm, nesses casos eu opto por próteses finais parafusados. Para todos os outros casos utilizamos pilares com altura de 6 mm.

 

Marcelo Abla

Especialista em Implantes
Especialista em Biologia celular pela Escola Paulista de Medicina pela Escola Paulista de medicina
Mestre em Implantodontia pela UNESP Araçatuba
Doutor em Implantodontia pela UNESP Araçatuba
Coordenador do Curso de Especialização em Implantodontia da Prime

VER TODOS ARTIGOS DESTE MEMBRO

Marcelo Abla