Estética imediata em região anterior: utilização de dente natural como estratégia conjunta para manutenção da arquitetura gengival.

Por Thayane Furtado | 11 de novembro de 2021

Autores: Thayane Furtado, Paulo Bernardo Gambogi e Adib Cabral.

Paciente do sexo feminino, 49 anos, apresentando boa saúde, mas com queixas dentárias, descrevendo como queixa principal a mobilidade, sensibilidade e estética desfavorável dos incisivos laterais. Em exame clínico, de encontro à queixa da paciente, foi constatada uma perda óssea e mobilidade grau 2 nos dentes 12 e 22.

Frente à situação do tecido de sustentação e a queixa principal da paciente, foi proposto como plano de tratamento a exodontia, a reabilitação com implante e a imediata provisionalização, a fim de auxiliar na manutenção da arquitetura do tecido gengival.

Exodontia atraumática dos elementos 12 e 22, com uso de periótomo e fórceps, instalação imediata do implante Cone Morse “Due Cone” Implacil 3.5×11. Para perfuração inicial, foi utilizada a técnica do approach palatino e, ao final do processo de fresagem e instalação, obteve-se uma carga primária de 45 newtons, a qual nos permitiu ter segurança para instalação do pilar Ideale, com medida 3.5×3.5×4.

O provisório foi realizado utilizando o próprio dente da paciente. Após ajustes iniciais para adequação, tal qual remoção da porção radicular e esvaziamento interno do elemento, capturamos o dente utilizando resina flow sobre o componente de provisório de 4mm do Ideale, deixando-o sem nenhum contato em desoclusão. O preenchimento do gap foi realizado com hidroxiapatita bovina 75% e colágeno tipo 1 25%(Extra Graft).

Figura 1 – Luxação do dente 22 com o perióstomo reto com movimentos curtos. Repare na extrusão dental considerável.
Figura 2 – Exodontia total do elemento 22 com o auxílio de fórceps nº 151. Notem que a extração foi realizada da maneira menos traumática possível.
Figura 3 – Instalação do implante Cone Morse Due Cone Implacil medidas 3.5x11mm com profundidade suficiente para confecção das áreas crítica e subcrítica já na fase de provisionalização imediata, tornando assim favorável o perfil de emergência desejado.
Figura 4 – Instalação do pilar Ideale 3,5×3,5x 4mm e preenchimento do gap com Hidroxiapatita bovina 75% e colágeno tipo 1 25% (Extra Graft).
Figura 5 – Provisório com próprio dente da paciente. Posicionamento correto do implante confirmado pelo parafuso saindo na região de cíngulo, tornando possível um provisório parafusado.

Referências:

  1. Colocação imediata de implantes dentários na zona estética: uma revisão sistemática e análise conjunta. Kirsten W Slagter 1Laurens den Hartog Nicolaas A Bakker Arjan Vissink Henny JA Meijer Gerry M Raghoebar. Julho de 2014; 85 (7): e241-50.  doi: 10.1902 / jop.2014.130632. Epub 2014, 6 de fevereiro.
  2. Instalação de implante imediato em alvéolo fresco associado a enxerto com substituto ósseo. 20 de jul. de 2020 — Immediate implant in fresh socket associated with bone… Kirsten WS, Laurens H, Nicolaas AB, Arjan V, Henny JAM, Gerry. MR. Immediate.
  3. Bone Substitutes for Peri-Implant Defects of Postextraction Implants Pâmela Letícia Santos,1 Jéssica Lemos Gulinelli,1 Cristino da Silva Telles,2 Walter Betoni Júnior,2 Roberta Okamoto,3 Vivian Chiacchio Buchignani,1 and Thallita Pereira Queiroz4. Received 20 September 2013; Revised 8 November 2013; Accepted 11 November 2013

Thayane Furtado

– Sócia-proprietária do Grupo Ampplo;
– Doutoranda em Implantodontia – UNG (SP);
– Mestre em Implantodontia – SLM (Campinas);
– Especialista em Implantodontia – SLM (Campinas);
– Especialista em Estomatologia – SLM (Campinas);
– Especialista em Radiologia e Imaginologia – SLM (Campinas);
– Habilitação em Ozonioterapia;
– Consultora científica da Implacil De Bortoli;
– Coordenadora e professora dos cursos de especialização da AIT Betim, AIT Manaus, AIT Campo Belo e CELLO.

VER TODOS ARTIGOS DESTE MEMBRO