Formação de aspergiloma no seio maxilar

Por Sérgio Jorge Jayme | 11 de setembro de 2017

Formação de aspergiloma no seio maxilar após tratamento com implantes zigomáticos

Aspergilloma formation in the maxillary sinus after treatment with zygomatic implants

Dr. Sérgio Jayme e colaboradores

Resumo

Aspergiloma é uma formação fúngica que ocorre em cavidades do sistema respiratório e pode estar associado a tratamentos odontológicos. Paciente do sexo feminino apresentou sinusite crônica persistente não responsiva a farmacoterapia após fixação de quatro implantes zigomáticos.

Após exame de tomografia computadorizada verificou-se possível comunicação bucossinusal mantida por um dos implantes e imagem sugestiva de aspergiloma.

O presente artigo demonstra os passos para remoção dos implantes infectados e do aspergiloma. Também é apresentada uma discussão sobre as características dos aspergilomas de seio maxilar e os fatores que predispõem a sua formação em tratamentos odontológicos, especialmente com implantes zigomáticos.

Unitermos – Implantes dentários; Aspergilose; Seio maxilar; Sinusite maxilar.

ImplantNews 2013;10(3):347-52

Imagem do artigo

Figura 1- Seio com velamento

Imagem do artigo

Figura 2 – Remoção dos implantes zigomáticos

Imagem do artigo

Figura 3 – Fragmentos do aspergiloma

Imagem do artigo

Figura 4 – Tomografia após a remoção do aspergiloma

Imagem do artigo

Figura 5 – Imagem microscópica de fungos com morfologia de Aspergillus

Sérgio Jorge Jayme

Doutorado em reabilitação oral pela Universidade de São Paulo; é mestre em Implantodontia; especialista em Prótese Dentária; pós-graduado em Periodontia e presidente da Academia Brasileira de Osseointegração.

VER TODOS ARTIGOS DESTE MEMBRO

Sérgio Jorge Jayme