Implante Slim associado a enxerto de tecido conjuntivo e ajuste de coroa clínica no segmento anterior da maxila

Por Washington Santana | 11 de setembro de 2017

Paciente portadora de agenesia do dente 22 e dente 12 com alteração no desenvolvimento para condição coronária no formato conóide. Relata ter sido submetida à  tratamento ortodôntico prévio. A tomografia da região edêntula evidenciou atrofia moderada do rebordo alveolar,  e o exame clínico com deficiência de tecido mole em espessura. Apresentava ainda alterações nos níveis de contorno gengival anterior e discrepâncias nas proporções de espaço coronário dos dentes anteriores. A negativa pela proposta de reintervenção ortodôntica e tratamento restaurador para os dentes posteriores, foi considerada para a proposta de harmonização estética com cirurgia plástica periodontal para nivelamento de margens das  coroas clínicas , incluindo o implante Implacil Slim de 2.5x13x6 com objetivo de evitar um enxerto ósseo horizontal, associado ao enxerto de tecido conjuntivo para modificar o biotipo tecidual e melhorar o perfil estético da coroa sobre implante do 22. O ajuste final de espaço e proporção foi concluído com laminados cerâmica nos dentes 12,11 e 21, juntamente com coroa sobre implante no 22.

Washington Santana

Clínica privada em implantodontia, periodontia, cirurgias maxilofacial e ortognática, doutor pela Universidade de Brasília/UnB e mestre em Odontologia pela Universidade Federal Goiás/UFG, coordenador de especialização em implantodontia IKO/Goiânia-GO.

VER TODOS ARTIGOS DESTE MEMBRO

Washington Santana